quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Nascer velho e crescer na contramão do curso natural da vida.

Quem pudera nascer velho e crescer na contramão do curso natural da vida, ou seja, rejuvenescer com o passar dos anos e morrer jovem, a arte imita a vida e nem sempre a vida conseguirá imitar a arte e essa possibilidade expressa na ficção poderá ser cultivada somente em nossa alma, a qual é livre das impurezas mundanas, tem condições de sonhar, preserva a juventude intacta apesar da passagem do tempo e enxerga na simplicidade a compreensão do ser feliz.”
Postar um comentário